O emagrecimento e a mente primitiva!
Coaching de emagrecimento

O emagrecimento e a mente primitiva!

dezembro 08, 2018   •   por Karen Coelho

Nossa mente esconde segredos que quando revelados muito nos surpreendem. O século em que nos encontramos tem avançado muito e se debruçado em conhecer o poder da mente, mas de fato podemos dizer que é um terreno ainda pouco explorado.

A neurociência é a ciência que se dedica a conhecer a nossa mente, sua estrutura, seus processos de desenvolvimento, suas conexões neurais, seus processos regenerativos. E assim, esse ramo de estudo vem encontrando tratamentos para muitas doenças que antes se diziam irreversíveis.

A mente primitiva – Qual é a sua relação com o emagrecimento?

mente primitiva emagrecimento

A mente primitiva é aquela que primeiro se desenvolveu nos seres humanos. Podemos dizer, figurativamente, que esta é a parte do cérebro que diz respeito aos homens das cavernas.

Neste período da nossa história temporal, os seres humanos, não tinham casas, carros, conforto, nenhum tipo de tecnologia. Precisavam caçar a própria comida e se defender da maneira que podiam, pois viviam, como os animais daquela época viviam. Muitos dizem que o tipo de alimentação daquela época, é que é a alimentação verdadeira. Pouca carne, mais frutas e vegetais nativos sem muito cozimento e nada de agrotóxicos, mas essa não é a questão deste artigo. Aqui vamos conhecer um pouquinho mais sobre como funcionava a mente desses indivíduos primitivos.

Sistema reptiliano.

A mente primitiva, como costumamos dizer, é representada pela primeira camada do cérebro, que fica próxima à medula, incluindo o cerebelo e a glândula pineal.

Esse sistema chama-se reptiliano, por que os répteis possuem o cérebro parecido com essa parte da nossa mente. Totalmente instintiva.

É nessa parte da mente que desenvolvem-se nossos instintos, hormônios, nossa parte sensorial.

O homem primitivo acessava essa parte da mente quando precisava fugir de predadores, quando precisava caçar, ou se proteger.

Nossas atitudes explicadas pela mente primitiva

Quando nos encontramos em uma situação de perigo, nossa mente primitiva entra em ação. Das suas principais atitudes, se destacam atacar (agir), correr (fugir), ou paralisar. O grande problema, é quando deixamos esses impulsos controlarem as demais ações da nossa vida.

Nos primórdios da humanidade, o ser humano precisava se proteger a todo momento e essa parte do cérebro era muito demandada. Atualmente, com o avanço da tecnologia, não disputamos mais espaço com predadores naturais e sim com nossos semelhantes e conosco mesmos.

Por isso, quando confrontados e colocados em uma situação de desconforto, nosso sistema primitivo quer entrar em ação e geralmente, tendemos a correr, ou paralisar.

Essa é a explicação do porquê tendemos a paralisar diante de alguma situação em que achamos que não somos capazes.

Nos sentimos impotentes e incapazes perante uma dieta, perante uma rotina de exercícios, fica difícil deixar a zona de conforto e a nossa mente primitiva tenta nos proteger, nos convencendo que assim está bom, não precisa mudar.

Isso tem relação direta com a nossa mente emocional, o sistema límbico, que é o segundo dos três sistemas que compõem a nossa mente.

Assim, para que consigamos emagrecer de verdade, precisamos conhecer e aprender a controlar nossos impulsos primitivos, afinal, não vivemos mais em cavernas não é mesmo?

O emagrecimento e a mente primitiva!
Avalie este post
Compartilhe!
Karen Coelho
Carioca, advogada, blogueira, coach de emagrecimento, coach de alta performance, analista comportamental do obeso e uma eterna entusiasta da vida. Criei o blog da Karen para poder compartilhar com vocês minha paixão pelo universo feminino.
Deixe seu Comentário