Dieta fácil: confira as dietas mais fáceis de seguir
Dietas

Dieta fácil: confira as dietas mais fáceis de seguir

setembro 18, 2018   •   por Karen Coelho

Antigamente as pessoas faziam regime e mais recentemente passaram a se submeter a dietas. O que parece somente uma simples colocação (?) de palavras na verdade sintetiza muito bem a mudança de paradigma.

O que faz uma dieta fácil?

dieta fácil para emagrecer de verdade

Quando criança ouvia muito frases do tipo “Fulano agora vai ter que fazer regime” ou “Nossa, Ciclano não teve escapatória e entrou no regime para valer”. Confesso que isso me passava uma ideia de tortura…

A medida que fui crescendo e o mundo foi se transformando, a mentalidade de “restrição de comida” começou a ser pensada, estudada e considerada, a partir de novos prismas.  Desta forma, a relação com a comida passou a ser melhorada e as dietas tornaram-se mais maleáveis e fáceis de serem seguidas.

Por mais que a cada dia surjam novas e novas dietas, algumas delas simplesmente vem para ficar, como é o caso daquelas que separei para este post, as quais são fáceis e bastante eficazes. Quando digo que uma dieta é fácil é porque simplesmente ela é flexível e te oferece uma nova e agradável rotina alimentar que modifica a sua vida para melhor. Quer saber quais são elas? Confira a seguir.

Dieta Flexitariana

E por falar em flexibilidade não poderia começar esse post sem falar dessa dieta maravilhosa que busca amenizar o consumo de carne. O seu nome é um misto entre as palavras “flexibilidade” e “vegetariana”.

Basicamente, a dieta Flexitariana consiste em consumir uma quantidade menor de carne e consumir mais os seguintes alimentos: ervilha, feijão, tofu, nozes e sementes, lentilha, frutas e vegetais, ovos, grãos integrais, néctar de agave, alimentos ricos em proteína, açúcar, laticínios e temperos em forma de ervas secas.

Em outras palavras, é uma dieta ideal para quem deseja reduzir o consumo de carne, perder peso e aumentar a ingestão de verduras e legumes. É uma dieta nova e que tem tudo para fazer sucesso!

Dieta DASH

Ao contrário da anterior, a dieta DASH não é tão nova assim. Ela foi criada há mais de 20 anos e sua sigla significa “Dietary Approaches to Stop Hypertension” (ou, em bom português, “Abordagens dietéticas para parar a hipertensão”), ou seja, ela surgiu como uma proposta para o tratamento da hipertensão (pressão alta).

A dieta DASH possui uma semelhança com a dieta Flexitariana: ela privilegia o consumo de vegetais. Assim você deve comer mais legumes, verduras, frutas, ervas e temperos naturais. Em contrapartida, deve-se reduzir o consumo de sódio e carne vermelha.

Além de combater um dos maiores vilões do problema da hipertensão (o sódio), a dieta DASH é excelente para o emagrecimento.

Dieta MIND

A dieta MIND é outra famosa que ganha destaque aqui no blog. A sua sigla significa “Mediterranean DASH Intervention for Neurodegenerative Delay”, ou em português, “Intervenção da Dieta Mediterrânea-DASH para o retraso neurodegenerativo”.

Também conhecida como a dieta do cérebro ela é excelente para o combate do mal de Alzheimer e outras doenças neurodegenerativas. A sua proposta é reunir o melhor da dieta Mediterrânea – que falarei um pouco melhor no próximo tópico – privilegiando o consumo de vegetais, grãos integrais e peixes com o melhor da dieta DASH, ou seja, aumentar o consumo de vegetais, frutas e laticínios que tenham um teor baixo de gordura.

Trata-se de uma dieta bem leve, pois nela evita-se o consumo de alimentos que são bastante prejudiciais à saúde humana como, por exemplo: a carne vermelha, todas as frituras, queijos, margarina e manteiga, fast food, doces e bolos.

Em contrapartida alimentos como azeite e o vinho são incluídos. Mesmo que a dieta MIND seja direcionada para a saúde mental, ela acaba promovendo a perda de peso, uma vez que privilegia os alimentos saudáveis e exclui o consumo daqueles que prejudicam o organismo e acabam levando ao aumento de peso.

Dieta Mediterrânea

A dieta Mediterrânea tornou-se popular entre aqueles que buscam por novas alternativas alimentares, que privilegiam o consumo de produtos leves, saborosos e nutritivos. Particularmente considero a Mediterrânea como a dieta mais incrível, pois ela promove maior equilíbrio no seu cardápio e lhe oferece maior sabor.

Inspirada na alimentação dos povos do Mediterrâneo (como, por exemplo, os gregos e italianos), a dieta prioriza os alimentos saudáveis como as frutas, os grãos, os grãos integrais, os vegetais, as nozes, o azeite de oliva, os vegetais, o feijão, as ervas e temperos, os peixes e frutos do mar, queijo, ovos, iogurte (de forma moderada), frango e vinho tinto (com certa moderação).

É uma das dietas mais simples, saborosas e recompensadoras que já foram criadas. Eu a considero como uma verdadeira reeducadora alimentar, pois valoriza os alimentos essenciais à saúde do nosso organismo.

Bom, agora me diga: o que você achou dessas dietas? Já as conhecia? Caso tenha gostado de alguma delas e pretende segui-las, não deixe de compartilhar conosco os seus resultados, ok?

 

 

 

Dieta fácil: confira as dietas mais fáceis de seguir
Avalie este post
Compartilhe!
Karen Coelho
Carioca, advogada, blogueira, coach de emagrecimento, coach de alta performance, analista comportamental do obeso e uma eterna entusiasta da vida. Criei o blog da Karen para poder compartilhar com vocês minha paixão pelo universo feminino.
Deixe seu Comentário