Abacate engorda – mito ou verdade? Entenda!
Alimentos

Abacate engorda – mito ou verdade? Entenda!

dezembro 17, 2018   •   por Karen Coelho

Comer abacate em quantidades moderadas certamente não faz você engordar. Consumido com moderação, ele ajuda a reduzir o colesterol, controlar o diabetes e prevenir a retenção de líquidos. É um falso mito nutricional que o abacate não tem lugar em qualquer dieta saudável, uma vez que fornece principalmente gorduras insaturadas ou saudáveis.

Abacate engorda? É um mito, entenda.

abacate engorda verdade

Adeus ao pão, a massa, a banana e as azeitonas na salada. Ficar de olho com óleos e nozes. E nem vamos falar sobre o abacate né, porque ele tem grande reputação de engordar uma atrocidade. Só que, segundo nutricionistas e estudiosos da alimentação, o que não faz sentido é evitar alimentos com perfil nutricional interessantes e no dia do lixo comer alegremente um saco de batatas fritas, um refrigerante ou um bolinho sem olhar para qualquer coisa além de calorias.

O abacate é um dos alimentos que até recentemente foi proibido em dietas de perda de peso por conta do seu alto valor calórico e teor de gordura. Quando a ideia é um regime ou um plano alimentar para perder peso, sempre entrou na lista de alimentos “indesejáveis” ou categoria “comer com moderação” por causa do seu aprovisionamento energético.

Apesar de ser uma fruta altamente calórica, o abacate pode fazer parte de qualquer dieta saudável desde que seja ingerido em quantidades adequadas. Não há necessidade de ficar sem abacate para perder peso ou classificar os alimentos em que tenham gordura, logo é contrário ao emagrecimento. Uma boa alimentação combinado com atividade física e circunstâncias pessoais, é que determinam se ganhamos, perdemos ou mantemos o peso. Por tanto…

Não, o abacate não engorda!

Onde é que o falso mito de que o abacate cresce? As pessoas ouvem a palavra “gorda” e rapidamente associam, ou traduzem o termo para “gordura” porque a maioria não sabe que há diferentes tipos de gordura e como elas afetam diferentemente nosso corpo. Além disso, em qualquer caso, o que engorda é o consumo exagerado, não o abacate em si…

O abacate é uma fruta atípica (não vegetal), pois em sua composição, ao invés de carboidratos, a gordura é o principal macronutriente. No entanto, a maioria deles são ácidos graxos insaturados , isto é, gorduras que não são prejudiciais à saúde

Estes ácidos graxos saudáveis, que aumentam os níveis de HDL ( “bom” colesterol) níveis, são acompanhados por um grande número de micronutrientes (vitaminas e minerais) e fibra alimentar. O teor de fibras do abacate produz uma sensação de plenitude por mais tempo e pode ajudar a acalmar o apetite entre as refeições.

Mais benefícios para o corpo

Você não acha que existem razões suficientes para incluir o abacate na dieta sem qualquer receio? Bem, espere, nós falamos mais sobre seus benefícios nutricionais. O abacate ajuda a manter os triglicerídeos e o colesterol equilibrados, bem como a controlar o diabetes, evitando o aumento e a diminuição da glicose. Também evita a retenção de líquidos, por isso é um bom aliado para pessoas que sofrem de hipertensão e que muitas vezes tendem a se sentir inchadas.

Até o momento não há evidências científicas significativas sobre a relação entre o abacate e a obesidade. Os últimos estudos observacionais mostram resultados positivos, concluindo que as pessoas que consomem abacate correm menor risco de desenvolver síndrome metabólica e, consequentemente, continuam a perder peso. Sim, apesar de todas as calorias que o abacate tem, quem o adiciona a dieta, continua perdendo peso.

Questão de calorias

Se comparado com outros alimentos ricos em gordura, como maionese, manteiga, requeijão, podemos perceber que o abacate contém nutrientes muito mais valiosos e consumo de energia é bastante moderado. Por exemplo, 25 gramas de requeijão, aproximadamente 1 colher de sopa, contém cerca de 100 calorias, enquanto que 50 gramas de abacate possuem apenas 80 calorias.

Ou seja, comparando-se os benefícios trazidos, com a quantidade de calorias do abacate, vale muito a pena adicioná-lo à dieta. A palavra, como sempre no quesito emagrecimento é: moderação.

Avalie este post
Compartilhe!
Karen Coelho
Carioca, advogada, blogueira, coach de emagrecimento, coach de alta performance, analista comportamental do obeso e uma eterna entusiasta da vida. Criei o blog da Karen para poder compartilhar com vocês minha paixão pelo universo feminino.
Deixe seu Comentário